Última hora

Última hora

Explosão negligente mata duas palestinianas

Em leitura:

Explosão negligente mata duas palestinianas

Tamanho do texto Aa Aa

Duas raparigas palestinianas morreram, esta sexta-feira, na Faixa de Gaza, vitimas da explosão acidental de um morteiro do Hamas. Um acidente, num ambiente de crescente tensão militar entre a guerrilha islâmica e o exército de Israel. As dua jovens, as irmãs Sabah de 12 anos e Hanine de cinco, morreram, quando o morteiro explodiu contra a sua casa, na localidade de Beit Lahya, no norte de Gaza.

Segundo testemunhos dos tripulantes da ambulância que acorreu ao local, as milícias do Hamas apressaram-se a retirar os vestígios do morteiro. Mas há também um homem palestiniano ferido por outro disparo acidental do Hamas. Esta sexta-feira, fica também assinalada pela reabertura dos pontos de passagem, o que permitiu o trânsito de camiões logísticos e humanitários.

Foi também possível abastecer de combustível as centrais eléctricas que estavam à beira da ruptura. Há notícia de um ataque, hoje, com 10 obús e três roquetes do Hamas. A tensão é crescente. A ministra dos Negócios Estrangeiros, Tzipi Livni, esteve no Cairo, numa missão diplomática que parece preparatória de uma ofensiva militar. E o primeiro-ministro, Ehud Olmert, lembrou que Israel tem meios para lançar uma operação devastadora.