Última hora

Última hora

Senegal apoia dirigentes golpistas

Em leitura:

Senegal apoia dirigentes golpistas

Tamanho do texto Aa Aa

No dia seguinte ao funeral do presidente Lansana Conté num funeral de Estado em que foi decretado feriado nacional, a Junta Militar que tomou o poder tenta tranquilizar a comunidade internacional e apresenta hoje o seu projecto de governo. Lansana Conté estava praticamente afastado do poder executivo há seis anos, devido à doença, mas mantinha a intenção de continuar no cargo até ao final do mandato em 2010.

Um dos lideres da Junta, o capitão Moussa Camara, presidente autoproclamado, deverá hoje manter reuniões imporantes com a sociedade civil, partidos políticos e sindicatos. Em Paris o presidente do Senegal foi o primeiro chefe de Estado estrangeiro a apoiar os golpistas explicou que “eles pretendem criar as condições para eleger um novo presidente e voltar às casernas”. Uma forma forma de sossegar os Estados Unidos e convencer a Comunidade Internacional e os guineenses das suas boas intenções do golpe militar.