Última hora

Última hora

Herman Van Rompuy novo primeiro-ministro belga

Em leitura:

Herman Van Rompuy novo primeiro-ministro belga

Tamanho do texto Aa Aa

Herman Van Rompuy foi o escolhido pelo Rei Alberto II para formar um novo governo após a demissão do executivo de Yves Leterme. Rompuy é assim mandatado para um cargo que o próprio inicialmente recusou depois do seu nome ter sido plebiscitado pelos partidos da coligação governamental para ocupar o cargo de primeiro-ministro.

Membro do partido democrata-cristão flamengo, Van Rompuy ocupava até aqui o cargo de presidente da câmara de deputados. Popular nos bastidores da política belga, o novo chefe de governo recolhe também a simpatia do eleitorado. Nas ruas de Bruxelas, uma belga refere que Van Rompuy “é uma pessoa de grande valor e muito capaz. Todos gostam dele, os flamengos, os habitantes de Bruxelas e os francófonos. É uma pessoa reservada, mas muito inteligente.” A escolha de Van Rompuy segue-se à nomeação por parte do Rei Alberto II do antigo primeiro-ministro Wilfried Martens para levar a cabo uma missão com vista a encontrar uma solução para a crise política belga. O monarca aceitou na segunda-feira à noite a demissão do governo de Yves Leterme. O ex-primeiro-ministro apresentou a demissão no dia 19, depois de o Supremo Tribunal belga ter confirmado que o executivo pressionou instâncias judiciais para que validassem um plano de desmantelamento do grupo financeiro belgo-holandês Fortis, vítima da crise financeira mundial.