Última hora

Última hora

UE pede cessar-fogo permanente

Em leitura:

UE pede cessar-fogo permanente

Tamanho do texto Aa Aa

O som das bombas, a destruição e o sangue derramado na Faixa de Gaza fazem eco na União Europeia. Os ministros dos Negócios Estrangeiros dos 27 reuniram-se de emergência em Paris para debater a escalada de violência no Médio Oriente.

Os chefes da diplomacia apelaram à implementação de um cessar-fogo imediato e permanente e o desenvolvimento de uma acção humanitária rápida. Bernard Kouchner, da França, frisou que não é possível haver solução através das armas. “O cessar-fogo deve ser permanente e, claro, respeitado. Não pode recomeçar e, ao mesmo tempo, estamos convencidos de que não há solução militar, há solução política e nos procuramo-la. Continuamos a tentar fazer a ligação em direcção à paz”. Já antes, a França tinha proposto a Israel um cessar-fogo de 48 horas. A União Europeia mostrou-se também disponível para restabelecer uma missão de observação no ponto de passagem da Faixa de Gaza com o Egipto. Na mesma altura em que os 27 se reuniam no ministério dos Negócios Estrangeiros francês eclodiu uma manifestação convocada por grupos árabes e palestinianos . Palavras de ordem contra Israel e os bombardeamentos das forças armadas hebraicas dominaram o protesto.