Última hora

Última hora

Presidência checa da UE desdramatiza guerra do gas

Em leitura:

Presidência checa da UE desdramatiza guerra do gas

Tamanho do texto Aa Aa

Os Estados membros da União Europeia preocupada com o corte do fornecimento de gás natural à Ucrânia, mas a presidência checa considera tratar-se de um problema entre a Ucrânia e a Russia que é preciso resolver.

Na origem do conflito está a falta de pagamento da dívida de dois milhões de dólares è empresa de gás russa Gazprom e a ausência de um de um acordo quanto às novas tarifas para o ano de 2009. O presidente ucrâniano explicou contudo que “ se está muito próximo de um compromisso e gostaria que o presidente e o primeiro-ministros russos, bem como o lado ucraniano fizessem o necessário para que as negociações sejam concluídas”. A Comissão Europeia e a República Checa, que assumiu a presidência da UE dia 1 de Janeiro, mostraram-se preocupadas a possibilidade da ausência de um acordo prejudicar o fornecimento de gás natural à União Europeia, uma vez que 80 por cento do gás importado da Rússia são movimentados através da Ucrânia.