Última hora

Última hora

Hamas apela palestinianos a uma "dia de cólera"

Em leitura:

Hamas apela palestinianos a uma "dia de cólera"

Tamanho do texto Aa Aa

Esta sexta-feira, dia da oração muçulmana, foi a enterrar Nizar Ryan, numa manifestação que juntou milhares de pessoas em Gaza. Trata-se do mais alto responsável do Hamas morto por israelitas depois de Abdel Aziz al-Ranissi, em 2004. O Hamas lançou um apelo a um “dia de Cólera”.

Em compasso de espera para uma intervenção terrestre, Israel continua pelo sétimo dia consecutivo, os bombardeamentos aéreos sobre Gaza. Cerca de 420 palestinianos foram mortos havendo ainda a registar 2 100 feridos. Esta noite foram lançados duas dezenas de ataques, entre os alvos atingidos encontra-se uma mesquita alegadamente utilizada para armazenamento de armamento. A operação “Chumbo Endurecido” foi desencadeada no sábado passado para, segundo as autoridades israelitas, pôr fim aos lançamentos de “rockets” a partir da Faixa de Gaza, controlada pelo Hamas, sobre o Sul de Israel.