Última hora

Última hora

Suspeitas e medidas em torno de carros incendiados

Em leitura:

Suspeitas e medidas em torno de carros incendiados

Tamanho do texto Aa Aa

A noite de novo ano foi sinónima de recorde de carros queimados em França. Houve um aumento de 30 por cento em relação à passagem de ano anterior. A noite de são silvestre de 2009 registou mil cento e quarenta e sete viaturas incendiadas contra oitocentos e setenta e oito, em 2008.

O presidente francês Nicolas Sarkozy pretende combater um problema crónico e avança com medidas: “Quero também que consideremos a possibilidade de introduzir no código penal a interdição dos menores condenados por incendiar carros de tirarem a carta de condução até que a vítima seja compensada na integralidade, seja em veículos de duas ou quatro rodas”, anunciou. Este aumento levanta suspeitas de que alguns cidadãos aproveitam-se para lucrar com as novas disposições das seguradoras, que prevêem maiores compensações. A hipótese vai ser investigada. Apesar de um aumento de carros incendiados no ano novo, em onzes de 2008 houve 36 mil e setecentos carros queimados, menos 6 mil do que 2007.