Última hora

Última hora

Gazprom aconselha UE a controlar gás que passa pela Ucrânia

Em leitura:

Gazprom aconselha UE a controlar gás que passa pela Ucrânia

Tamanho do texto Aa Aa

A Gazprom exortou, este domingo, a União Europeia a controlar o trânsito de gás russo que passa pela Ucrânia e voltou a acusar Kiev de roubar o gás destinado à Europa. A presidência checa da UE convocou uma reunião urgente para sexta-feira, em Bruxelas, com a participação da Gazprom e da Naftogaz. Esta segunda-feira reúne-se o grupo de coordenação da UE para o gás.

O porta-voz da Gazprom, Serguei Kuprianov, referiu esta manhã que “tendo em conta que a Naftogaz rejeita a presença de observadores independentes nas estações de gás, nós enviámos uma carta à Comissão Europeia para fornecer um controlo independente ao gás que transita pelo território ucraniano.” Esta guerra do gás russo-ucraniana já começou a fazer vítimas. A Polónia constatou uma redução de 11% em relação ao fornecimento previsto no contrato com a Gazprom. A República Checa confirmou, este domingo, ter recebido menos 5% de gás do que o previsto. A Roménia viu o fornecimento do combustível cair 30% e a Bulgária entre 10% e 15%.