Última hora

Última hora

Israel confirma a primeira baixa

Em leitura:

Israel confirma a primeira baixa

Tamanho do texto Aa Aa

Em nove dias a ofensiva israelita sobre Gaza causou a morte a 500 palestinianos entre os quais 87 crianças. Estes números deverão agravar-se com a interveção terrestre em curso desde ontem que mobiliza vários milhares de soldados.

Apoiado por tanques, lanchas armadas e aviões de combate o ataque foi desencadeado após uma semana de bombardeamentos aéreos que não foram capazes de travar o lançamento de morteiros por parte de activistas do Hamas contra a população do sul de Israel. As autoridades israelitas anunciaram um combate prolongado e difícil no território, um dos mais densamente populados do planeta.

A magnitude da operação também dependerá, em parte, das negociações diplomáticas paralelas que até agora não produziram uma proposta aceitável para a trégua segundo Telavive. A noite no território palestiniano foi iluminada pela explosão das bombas e do fogo dos projéteis lançados pelos tanques. Oficialmente o exército israelita admite a existência de um morto nas suas fileiras e cerca de três dezenas de feridos.