Última hora

Última hora

Paris propõe nova resolução sobre Gaza na ONU

Em leitura:

Paris propõe nova resolução sobre Gaza na ONU

Tamanho do texto Aa Aa

A diplomacia francesa prepara um novo projecto de resolução na ONU para garantir um cessar-fogo em Gaza.

O presidente Nicolas Sarkozy iniciou ontem uma maratona diplomática pelo Médio Oriente para consultar as várias partes do conflito e exigir uma trégua humanitária. Em Jerusalém o seu homólogo israelita, Shimon Peres, recusou-se a travar a ofensiva militar enquanto o Hamas não suspender o lançamento de mísseis sobre Israel. A França, que preside este semestre o Conselho de Segurança da ONU, vai apresentar hoje um projecto de resolução em cinco pontos. O texto que vai ser discutido com responsáveis árabes apela a um cessar-fogo e à entrada de ajuda humanitária em Gaza, mas também à retoma das negociações de paz e à criação de um mecanismo de acompanhamento da trégua. Em Nova Iorque, o Secretário Geral da ONU, Ban Ki Moon insistiu para a necessidade de Israel pôr termo a uma acção que considerou excessiva. “Temos também de insistir junto do Hamas para que ponha fim aos ataques que são contraproducentes e inaceitáveis”, afirmou. Mas apesar dos esforços da diplomacia europeia, Israel sublinhou ontem que confia antes de mais na mediação norte-americana, através do Egipto que deverá receber os presidentes sírio e iraniano, apontados como apoiantes do Hamas. Face ao silêncio do seu sucessor, George Bush acusou hoje o movimento islâmico de, “não se preocupar com a população de Gaza ao continuar a utilizar o território para atacar Israel”, afirmando ainda, compreender a necessidade do exército israelita de se proteger da ameaça. Apesar das pressões diplomáticas, tanto Israel como os Estados Unidos recusam-se a dialogar directamente com o Hamas que consideram um grupo terrorista.