Última hora

Última hora

Negociações da crise do gás longe do fim

Em leitura:

Negociações da crise do gás longe do fim

Tamanho do texto Aa Aa

Arrasta-se a crise do gás que opõe mais uma vez a Rússia à Ucrânia.

A companhia russa Gazprom e a ucraniana Naphtogaz vão continuar esta quarta-feira em Moscovo as negociações sobre os preços do fornecimento do combustível para 2009. Ao mesmo tempo, a Rússia vai debater o assunto como os parceiros europeus em conversações marcadas para Bruxelas. As divergências entre Moscovo e Kiev, que desde 1 de Janeiro levaram a Rússia a cortar o fornecimento de Gás à Ucrânia, já se reflectem no abastecimento de alguns países do velho continente. O presidente da Gazprom acusa os ucranianos de desviarem 15% do gás russo que transita através de território ucraniano para a Europa. Como medida de último recurso, a República Checa, actual presidente da UE, está a considerar a realização de uma cimeira tripartida para resolver a contenda.