Última hora

Última hora

Europa treme por falta de gás

Em leitura:

Europa treme por falta de gás

Tamanho do texto Aa Aa

De quem quer que seja a responsabilidade, a verdade é que não chega gás à Europa desde há várias horas. A crise agudiza-se. O continente volta a estar à mercê dos humores políticos e comerciais de Moscovo e Kiev, como esteve em 2006.

Diversos países confirmaram já ter deixado de receber o gás russo e anunciam restrições no fornecimento aos consumidores. Áustria, Roménia, República Checa, Eslováquia e Húngria estão a sofrer já os efeitos do corte e outros países como a Polónia, a Alemanha, a Itália, a França preparam-se para o pior dos cenários, numa altura em que as temperaturas estão a negativo por toda a Europa e as condições meteorológicas prometem agravar-se. A Comissão Europeia propõe o envio de observadores à Ucrânia para medir o volume de gás que transita entre os dois países. A presidencia checa da Uniâo Europeia pondera a hipótese de uma cimeira tripartida para tentar uma solução para a crise.