Última hora

Última hora

Rússia e UE renovam esperanças de acordo para a crise do gás

Em leitura:

Rússia e UE renovam esperanças de acordo para a crise do gás

Tamanho do texto Aa Aa

A Rússia deu luz verde ao envio de uma missão de observadores europeus para a Ucrânia.

Vladimir Putin e o primeiro-ministro checo Merek Topolanek, cujo país assume a liderança rotativa da UE, chegaram a um acordo de última hora esta quinta-feira. O dia foi de avanços e recuos no processo de negociações da crise do Gás que põe frente a frente a Rússia e a Ucrânia. Depois de ter sido anunciado um primeiro acordo, a ucraniana Naftogaz acabou por recuar porque este incluia o envio de observadores russos para controlar o combustível proveniente da Rússia a caminho da Europa. Em Praga, a presidência da UE também anunciou entretanto a existência de um acordo firme com Kiev para o envio de observadores europeus.