Última hora

Última hora

ONU acusa Israel de atacar civis

Em leitura:

ONU acusa Israel de atacar civis

Tamanho do texto Aa Aa

A ONU acusa Israel de ter bombardeado uma casa onde se encontravam civis, provocando a morte a 30 pessoas. Segundo testemunhas citadas pela organização, as vítimas faziam parte de um grupo de 110 palestinianos que os soldados israelitas tinham levado para uma casa em Zeitoun, a 4 de Janeiro.

Um residente descreveu a situação: “Ficámos surpreendidos quando vários tiros de “rocket” destruíram a casa, certas pessoas tiveram tempo de fugir mas a maioria dos ocupantes eram crianças. Havia cadáveres por todo o lado”. As forças armadas israelitas anunciaram que o incidente está a ser investigado. Ontem, a Cruz Vermelha acusou os militares hebraicos de terem impedido o acesso aos feridos palestinianos durante vários dias. As ambulâncias só foram autorizadas a entrar em Gaza cinco dias após o início dos combates. Vinte escolas da ONU servem actualmente de refúgio para 15 mil pessoas. Mas os locais estão longe de garantir protecção total já que, na semana passada, um bombardeamento israelita contra uma escola da ONU provocou a morte a 30 pessoas.