Última hora

Última hora

short title A Boeing vai suprimir 4500 empregos

Em leitura:

short title A Boeing vai suprimir 4500 empregos

Tamanho do texto Aa Aa

A Boeing vai suprimir 4500 empregos. O construtor aeronáutico americano vai reduzir em sete por cento a força de trabalho no sector da aviação comercial. Em Dezembro o construtor de Seattle empregava na unidade de aparelhos civis mais de 67600 pessoas. A Boeing é também o segundo construtor militar dos Estados Unidos e emprega neste sector quase cem mil trabalhadores.

O corte anunciado esta sexta-feira deve-se à recessão global e à quebra de encomendas. Em 2008 a Boeing registou apenas 662 encomendas e perdeu a corrida anual para o rival europeu Airbus. Para piorar a situação do construtor, o programa do 787 Dreamliner, encontra-se atrasado. A Boeing junta-se a outros gigantes industriais americanos que decidiram suprimir postos de trabalho. Só no mês de Dezembro a economia americana perdeu meio milhão de empregos.