Última hora

Última hora

Israel lança panfletos para alertar palestinianos da intensificação da ofensiva

Em leitura:

Israel lança panfletos para alertar palestinianos da intensificação da ofensiva

Israel lança panfletos para alertar palestinianos da intensificação da ofensiva
Tamanho do texto Aa Aa

No início da terceira semana de conflito, Israel resolveu intensificar a ofensiva na Faixa de Gaza. Ao longo do dia, o Tsahal bombardeou dezenas de alvos, ignorando as três horas de trégua que serviriam para socorrer as vítimas e para a população procurar bens de primeira necessidade.

Israel avisou os habitantes de Gaza através de panfletos, pedindo que se mantenha afastado das instalações, esconderijos e membros do Hamas. Israel procura impedir mais vítimas civis, quando se intensificam as críticas à sua forma de agir. Do lado palestiniano contam-se mais de 820 mortos e quase os 3500 feridos. No pior incidente do dia, contam-se oito mortos, todos da mesma família, cuja casa foi atacada em Jabalya. O Tsahal garante não ter efectuado os disparos fatais. A situação humanitária é catastrófica. Metade do milhão e meio de habitantes depende da ajuda da ONU, que ainda não retomou a distribuição suspensa quinta-feira. Um milhão de pessoas vive sem electricidade, quase outros tantos sem água e os hospitais funcionam com geradores, à beira da ruptura e sem meios.