Última hora

Última hora

Israel lança panfletos para alertar palestinianos da intensificação da ofensiva

Em leitura:

Israel lança panfletos para alertar palestinianos da intensificação da ofensiva

Tamanho do texto Aa Aa

No início da terceira semana de conflito, Israel resolveu intensificar a ofensiva na Faixa de Gaza. Ao longo do dia, o Tsahal bombardeou dezenas de alvos, ignorando as três horas de trégua que serviriam para socorrer as vítimas e para a população procurar bens de primeira necessidade.

Israel avisou os habitantes de Gaza através de panfletos, pedindo que se mantenha afastado das instalações, esconderijos e membros do Hamas. Israel procura impedir mais vítimas civis, quando se intensificam as críticas à sua forma de agir. Do lado palestiniano contam-se mais de 820 mortos e quase os 3500 feridos. No pior incidente do dia, contam-se oito mortos, todos da mesma família, cuja casa foi atacada em Jabalya. O Tsahal garante não ter efectuado os disparos fatais. A situação humanitária é catastrófica. Metade do milhão e meio de habitantes depende da ajuda da ONU, que ainda não retomou a distribuição suspensa quinta-feira. Um milhão de pessoas vive sem electricidade, quase outros tantos sem água e os hospitais funcionam com geradores, à beira da ruptura e sem meios.