Última hora

Última hora

Israel envia reservistas rumo a Gaza

Em leitura:

Israel envia reservistas rumo a Gaza

Tamanho do texto Aa Aa

Indiferente aos apelos da comunidade internacional, o exército israelita reforçou as tropas terrestres que apertam o cerco à cidade de Gaza esta segunda-feira.

O envio de reservistas, que deverão intervir pela primeira vez desde o início do conflito, poderá indiciar o arranque de uma operação urbana em larga escala. A noite passada, a força-aérea israelita lançou raides contra 12 objectivos na Faixa de Gaza. O número mais baixo de ataques desde que começou a ofensiva contra o Hamas, há 17 dias. A aviação utilizou bombas de penetração sobre locais de armazenamento de armas do grupo islamita e sobretudo contra os túneis de contrabando que, a margem do bloqueio israelita, abastecem Gaza ao longo da fronteira egípcia. Pelo menos 30 pessoas morreram ontem, elevando o número de vítimas do lado palestiniano a cerca de nove centenas de mortos, de acordo com fontes médicas locais. Antes dos bombardeamentos da noite, muitas pessoas aproveitaram uma pausa para abandonar a cidade ou buscar víveres, para fazer face aos duros combates que ainda estarão para vir. Embora em menor número, os rockets do Hamas continuaram a caír nas cidades mais próximas, no sul de Israel.