Última hora

Última hora

Contexto político em Israel mantém mistério sobre o futuro da ofensiva em Gaza

Em leitura:

Contexto político em Israel mantém mistério sobre o futuro da ofensiva em Gaza

Tamanho do texto Aa Aa

Como se vai desenvolver a ofensiva em Gaza? Em Israel reina o mistério, sobretudo, no actual contexto político.

O objectivo da operação era acabar com os ataques, mas os “rockets” palestinianos continuam a atingir Israel. O primeiro-ministro Ehud Olmert está de saída debaixo de acusações de corrupção e após a derrota sofrida face ao Hezbollah. Uma vitória em Gaza permitiria recuperar a imagem. Olmert considera que os objectivos em Gaza estão quase atingidos, deixando planar a dúvida sobre um eventual fim da ofensiva. A um mês das eleições legislativas, alguns políticos dizem que a ofensiva deve continuar, considerando ser possível acabar com o Hamas, outros defendem o contrário. Um dilema numa altura em que Tzipi Livni, chefe da diplomacia, e Ehud Barak, ministro da Defesa, são incapazes de trabalhar em harmonia pois chefiam partidos diferentes. Os militares gostariam de iniciar uma terceira fase da operação, que prevê a ocupação. Mas Israel teria de fazer face às críticas internacionais e correr o risco de perder soldados. O Tsahal reconhece mesmo estar a usar uma força extrema para impedir baixas e manter assim o apoio da população.