Última hora

Última hora

Atrasos e cancelamentos no primeiro dia da renovada Alitalia

Em leitura:

Atrasos e cancelamentos no primeiro dia da renovada Alitalia

Tamanho do texto Aa Aa

O primeiro dia de operações da nova Alitalia, recentemente salva por um grupo de investidores transalpinos, ficou marcado por protestos e distúrbios no tráfego aéreo em vários aeroportos italianos.

Em Linate, Milão, 11 voos foram cancelados depois de grupos de manifestantes terem bloqueado as portas de embarque. Em Malpensa, o outro aeroporto milanês, estiveram muitos funcionários descontentes com a nova situação da transportadora. “Nós não gostamos da aliança com a Air France porque a Air France vai desviar passageiros de Malpensa e levá-los para Paris. Por isso, o nosso aeroporto vai ser afectado”, declarou um dos manifestantes. Também no aeroporto de Roma foram muitos os trabalhadores que se manifestaram contra a venda de 25% das acções da companhia italiana à franco-holandesa Air France-KLM. O plano de recuperação da Alitalia implicou a supressão de mais de 3.000 postos de trabalho bem como uma redução da frota e dos destinos da transportadora italiana.