Última hora

Em leitura:

Kiev bloqueia gás russo


Rússia

Kiev bloqueia gás russo

A Ucrânia bloqueou o gás com destino à Europa depois da Rússia ter reiniciado o abastecimento através da ex-república soviética esta manhã. A União Europeia exige um entendimento entre os dois países.

Moscovo tinha deixado de fornecer gás na semana passada depois de acusar Kiev de estar a apropriar-se de parte desse combustível. Além disso, a Rússia pretende que a Ucrânia pague as suas dívidas e quer vender o gás ao país vizinho a preços de mercado, o que representa um aumento de quarenta por cento da tarifa aplicada em 2008. No que respeita à Europa o problema parecia ter ficado sanado com a assinatura de um acordo na segunda-feira que o vice-primeiro-ministro russo Igor Sechin mostrou ao comissário europeu da Energia, Andris Pielbags, ontem em Bruxelas. O documento estipula as garantias exigidas pela Rússia para reiniciar o abastecimento e sem o qual o primeiro-ministro Vladimir Putin não daria ordem à Gazprom para abrir as torneiras. Na Ucrânia encontra-se uma missão de observadores europeus que deveriam verificar que o gás que entra no país sai com destino à Europa. Mas Bruxelas queixa-se que os seus observadores não se podem deslocar livremente.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Gás começa a correr para a Europa