Última hora

Última hora

Gás russo com destino à Europa volta às condutas

Em leitura:

Gás russo com destino à Europa volta às condutas

Tamanho do texto Aa Aa

Moscovo deu luz verde à empresa Gazprom para que seja retomado hoje o fornecimento de gás à Europa através da Ucrânia.

O primeiro-ministro russo, Vladimir Putin, anunciou ontem que a Rússia concordou com o envio de observadores da União Europeia, no entanto adiantou que exige que Kiev também aceite observadores da Gazprom no seu território. Kiev já disse que não se opõe à presença dos observadores russos, o que representa um passo importante para a resolução da disputa em torno do gás entre os dois países. Segundo as autoridades ucranianas numa situação normal são precisas 36 horas mas este tempo deverá ser reduzido entre 14 e 16 horas. As primeiras entregas deverão serão feitas com destino aos países balcânicos, os mais afectados pelos cortes. A Rússia estima que o corte de gás gerou perdas de 800 milhões de dólares à Gazprom. .