Última hora

Última hora

Guerra do gás: Oposição ucraniana pede demissão do governo

Em leitura:

Guerra do gás: Oposição ucraniana pede demissão do governo

Tamanho do texto Aa Aa

A guerra do gás entre Moscovo e Kiev agrava ameaça a estabilidade política ucraniana. Durante um aceso debate no Parlamento a oposição pro-russa exigou a a demissão do governo e a destituição do presidente Viktor Iuchenko. A Ucrânia acusa a Rússia de ter provocado o actual conflito para exigir um aumento considerável do preço do gás e apoderar-se dos estratégicos gasodutos ucranianos por onde passa 80% do combustível destinado à Europa. O primeiro-ministro russo, Vladimir Putin, deu a entender que os gasodutos ucranianos “não terão condições técnicas” para transportar as quantidades de gás exigidas, sugerindo discussões directas entre os dois países para determinar em que medida Moscovo pode ajudar Kiev.

Um observador da União Europeia enviado à estação de bombagem de Sudzha, na Rússia, revelou que a Gazprom está a injectar quantidades nos gasodutos ucranianos inferiores à média.