Última hora

Última hora

Primeira economia europeia terminou 2008 em recessão

Em leitura:

Primeira economia europeia terminou 2008 em recessão

Tamanho do texto Aa Aa

A primeira economia europeia vai mal, mas o pior ainda está para vir. De acordo com os dados divulgados esta quarta-feira pelo gabinete federal de estatísticas alemão, o Produto Interno Bruto recuou entre 1,5% e 2% no último trimestre de 2008, em relação ao período homólogo de 2007.

Após dois trimestres em baixa ligeira, os resultados do período entre Outubro e Dezembro confirmaram as piores estimativas: a economia alemã entrou em recessão. A queda das exportações, principal motor do crescimento alemão, e a das encomendas industriais em Novembro confirmaram um final de ano em forte depressão como previsto pelos analistas. Em 2008 a economia progrediu 1,3% praticamente duas vezes menos do que um ano antes. Apesar de todos estes dados, a chanceler alemã, Angela Merkel, mostrou-se optimista esta manhã perante os deputados. “Temos muito dinheiro, mas estamos à espera do momento certo. Deliberadamente, não quisemos entrar em competição com outros países europeus. Não precisamos de ter medo comparativamente com outros países” sublinhou. Apesar da taxa de desemprego ter caído para níveis recorde desde a reunificação em 1990, o consumo estagnou. A criação de postos de trabalho não foi suficiente para cobrir o aumento dos preços no Verão. E porque se fala de crise, o Deutsche Bank anunciou esta quarta-feira estar à espera de prejuízos de 3,9 mil milhões de euros em 2008, sobretudo devido aos maus resultados registados entre Outubro e Dezembro.