Última hora

Última hora

Governo britânico aprova medidas para PME

Em leitura:

Governo britânico aprova medidas para PME

Tamanho do texto Aa Aa

As pequenas e médias empresas do Reino Unido têm uma nova esperança contra a crise. O governo britânico aprovou um pacote de ajuda que permite aos pequenos negócios conseguir novos empréstimos num valor total de 20 mil milhões de libras, o equivalente a 22 mil milhões de euros.

Este é o mais recente esforço do primeiro-ministro Gordon Brown: “É uma verdadeira ajuda para os negócios. É uma medida direccionada, fundamentada e vem juntar-se ao que já fizémos antes”, disse o PM. A medida é vista como sendo não só contra a crise, mas também contra a impopularidade do governo, a 18 meses das eleições legislativas. O arquitecto é o ministro do comércio, Peter Mandelson: “Esta crise é, antes de tudo, uma crise de créditos. Muitas empresas estão a lutar por financiamentos, por causa da crise nos bancos. Os negócios não vão mal, mas a falta de crédito fez com que reduzissem drasticamente os montantes de capital disponíveis e os bancos estreitassem os critérios de atribuição dos empréstimos”. Com esta medida, que pretende encorajar os bancos a emprestar mais dinheiro, o governo garante aos bancos metade do valor dos empréstimos não-pagos. O governo dá também uma garantia de mil milhões de libras sobre os empréstimos a longo prazo feitos às empresas. A economia britânica deve, com quase toda a certeza, ter entrado em recessão no final do ano passado.