Última hora

Última hora

Terceira pista em Heathrow vai descolar

Em leitura:

Terceira pista em Heathrow vai descolar

Tamanho do texto Aa Aa

O governo britânico autorizou a construção de uma terceira pista e de um novo terminal em Heathrow, o aeroporto internacional de Londres que é o maior da Europa. Mas esta é uma decisão controversa no Reino Unido embora a indústria aeronáutica e a classe empresarial a aguardassem com impaciência.

O ministro britânico dos Transportes, Geoff Hoon, explicou no parlamento que “a inacção iria permitir o aumento do volume de tráfego de outros aeroportos como Frankfurt, Schipol e Charles de Gaulle. Não fazer nada seria prejudicial para a economia. Esta decisão não terá impacto nas alterações climáticas.” Estas opiniões não são partilhadas por organizações ambientalistas, pelos partidos da oposição e mesmo por deputados da maioria. Entre outras consequências, as obras orçadas em dez mil milhões de euros implicam a destruição de uma localidade inteira, o que entristece os residentes como explica uma professora. “Eles não escutaram o povo mais uma vez, apenas ouviram o grande capital. E fico muito triste porque a escola das minhas crianças vai ser demolida, porque a comunidade de Sipson vai ser destruída.” Os protestos devem voltar a ouvir-se em breve. Os conservadores anunciaram que se ganharem as próximas legislativas vão meter o projecto na gaveta e desenvolver as ligações ferroviárias. O governo trabalhista também anunciou a criação de uma empresa para estudar uma ligação de alta velocidade entre Londres e a Escócia.