Última hora

Última hora

Israel bombardeia edifício da ONU em Gaza

Em leitura:

Israel bombardeia edifício da ONU em Gaza

Tamanho do texto Aa Aa

Combates e bombardeamentos intensos, civis em estado de choque, Gaza está a ferro e fogo.

A agência de ajuda humanitária das Nações Unidas foi bombardeada esta manhã. Outro alvo, segundo testemunhas locais, terá sido um hospital. A cidade voltou a amanhecer ao som da artilharia e do fogo aéreo da máquina de guerra israelita, quase três semanas depois do início da ofensiva. Os obuses caíram durante horas, cada vez mais próximo do coração de Gaza. Dois operadores de câmara palestinianos ficaram feridos depois de as bombas terem atingido um edifício que acolhia elementos da imprensa de diversos países. Enquanto isso, persistem os esforços diplomáticos em diversas frentes, o Egipto e o Hamas afirmam estar perto de um acordo de cessar-fogo que poderá durar até 10 dias. Uma trégua preciosa para muitos dos residentes palestinianos que tentam sobreviver a um conflito que já matou mais de um milhar de pessoas, metade dos quais civis. Um balanço que o secretário geral da ONU, em visita à região, considerou ser inadmissível. Os blindados do Tsahal fizeram curtas incursões ao coração de Gaza, para testar a resistência do Hamas. Os habitantes da cidade referem-se aos bombardeamentos da noite passada como os mais violentos desde o início da campanha. Por enquanto, vai sendo retardada uma invasão a grande escala.