Última hora

Última hora

Gás esgota a paciência da UE

Em leitura:

Gás esgota a paciência da UE

Tamanho do texto Aa Aa

A crise do gás foi discutida esta sexta-feira em Kiev entre os presidentes ucraniano e eslovaco, o primeiro-ministro moldavo e o chefe da diplomacia polaca. Mas as conversas já se prolongaram por demasiado tempo. O presidente em exercício da União Europeia, o checo Mirek Topolanek, afirmou esta sexta-feira que a paciência da UE se esgotou e que a partir de agora tanto a presidência do Conselho como a Comissão Europeia vão adoptar uma posição mais dura.

A situação é cada vez pior nos países mais afectados pelo corte de gás. É o caso da Moldávia onde o recurso aos aquecedores eléctricos sobrecarrega uma rede eléctrica completamente vetusta e que acaba por ir abaixo demasiadas vezes. O que gera situações como a deste hospital em Dubossary onde apenas a maternidade e a unidade de cuidados intensivos estão em serviço.