Última hora

Última hora

Piloto de Airbus que amarou no rio Hudson saudado como herói

Em leitura:

Piloto de Airbus que amarou no rio Hudson saudado como herói

Tamanho do texto Aa Aa

A cidade de Nova Iorque sauda um novo herói.

Ao evitar um desfecho trágico no acidente de ontem com um Airbus A320 da companhia US Airways, o piloto Chesley Sullenberger ganhou o apelido de “herói do rio Hudson”. O presidente da Câmara de Nova Iorque felicitou o desempenho do antigo oficial da Força Aérea norte-americana de 57 anos, a quem atribuiu as chaves da cidade: “Hemingway definiu o heroismo como a ‘graça sob pressão’ e penso que é justo dizer que o comandante Sullenberger mostrou certamente isso ontem. As suas acções inspiraram milhões de pessoas na cidade e muitos milhões mais em todo o Mundo.” O avião da US Airways “amarou” nas águas geladas do rio Hudson, poucos minutos depois de descolar do aeroporto de La Guardia. Os 150 passageiros e 5 tripulantes foram todos resgatados com vida. O embate de pássaros contra os dois motores é a explicação avançada pela autoridade da aviação civil norte-americana. Uma equipa de peritos da Airbus colabora com os investigadores norte-americanos para elucidar as origens do acidente.