Última hora

Última hora

Israel pode declarar hoje cessar-fogo unilateral

Em leitura:

Israel pode declarar hoje cessar-fogo unilateral

Tamanho do texto Aa Aa

Israel pode declarar hoje um cessar-fogo unilateral.

A opção que está a ser examinada pelo gabinete de segurança é vista como uma forma de evitar cedências ao Hamas. Ontem, Tzipi Livni e Condoleeza Rice assinaram um acordo que visa impedir o abastecimento de armas ao movimento islamista. O documento é considerado como um dos elementos-chave para a conclusão de um cessar-fogo na Faixa de Gaza. Em Washington, a chefe da diplomacia israelita voltou a justificar a ofensiva: “O Hamas é uma organização terrorista que ocupa a Faixa de Gaza não para criar esperança ao povo palestiniano mas para atacar Israel. Demos uma resposta e se depois da operação militar voltarem a atacar Israel podemos lançar mais operações porque se trata de uma guerra contra o terror e uma guerra contra o terror não termina com um processo de paz, a dar apertos de mãos na Casa Branca.” O Hamas mantém-se irredutível. Durante uma reunião da Liga Árabe, em Doha, o líder político do movimento, Khaled Mashaal, que se encontra exilado na Síria, repetiu que não aceita as exigências de Telavive: “Apesar de toda a destruição em Gaza, não aceitaremos as condições israelitas para o cessar-fogo. É a nossa liberdade de escolha. A resistência em Gaza não foi derrotada”. Por seu turno, o secretário geral da ONU iniciou um périplo diplomático pelo Médio Oriente. Esta sexta-feira, Ban Ki-moon deslocou-se à Cisjordânia onde foi recebido pelo presidente da Autoridade Palestiniana.