Última hora

Última hora

Cessar-fogo não afasta inquietação entre habitantes israelitas

Em leitura:

Cessar-fogo não afasta inquietação entre habitantes israelitas

Tamanho do texto Aa Aa

O cessar-fogo em Gaza é visto com cepticismo do outro lado da fronteira, em território israelita.

Durante duas semanas, mais de trezentos mísseis Qassam caíram sobre cidades como Sderot e Ashkelon, provocando cerca de 13 mortos. Ontem, horas depois da trégua ter sido declarada pelo menos 6 mísseis voltaram a caír junto às cidades, com os habitantes a regressarem aos refúgios. Esta manhã, um dos habitantes afirmava que, “a situação melhorou mas que continua com medo de viver em Ashkelon”. Na cidade, assim como em Sderot, os habitantes tentam regressar à vida normal. Mas o ataque ameaça ter repercussões na política interna. O líder do partido da oposição de direita, Likoud, Benjamin Nehaniau visitou ontem Sderot para lembrar que, “o Hamas continua activo”. Uma habitante confessa-se inquieta, “o soldado israelita Gilat Shalit continua sequestrado pelo Hamas e a calma é ainda bastante relativa2. Nos últimos oito anos, mais de 10 mil mísseis do Hamas atingiram as povoações israelitas. Para Israel a prioridade passa agora por evitar o rearmamento do movimento palestiniano em armas provenientes do Irão.