Última hora

Em leitura:

Fiat entra no capital da Chrysler


empresas

Fiat entra no capital da Chrysler

A Fiat vai passar a ter 35% do capital da norte-americana Chrysler, depois da assinatura de uma parceria estratégica.

A Fiat vem ajudar a construtora norte-americana, que está a ser atingida em cheio pela crise económica, à semelhança de todo o sector. As dificuldades agravara-se depois da ruptura da fusão Daimler-Chrysler. No entanto, o grupo alemão, casa-mãe da Mercedes, detém ainda uma fatia, de cerca de 20%. Uma fatia que pode vir a enriquecer a parte da Fiat, uma vez que os alemães estão interessados em vender.O fundo Cerberus Capital é o accionista maioritário. O acordo é uma iniciativa do presidente da Fiat, Sergio Marcchione não envolve o pagamento de nenhuma soma por parte dos italianos. Em troca da participação, a Fiat fornece à Chrysler tecnologia para a construção de carros mais pequenos e mais eficientes em termos de combustíveis. No ano passado, a Chrysler vendeu dois milhões de carros. A Chrysler vende essencialmente nos Estados Unidos, enquanto a Fiat vende sobretudo na Europa. Entretanto, uma das maiores construtoras mundiais, a Toyota tenta ultrapassar a crise aos inspirar-se nas raízes. Akio Toyoda, neto do fundador da marca, foi nomeado presidente executivo, em substituição de Katsuaki Watanabe e toma posse em Junho.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

empresas

Loyds Banking Group mal recebido pelas bolsas