Última hora

Última hora

Lixeiras gregas enfrentam multas da UE

Em leitura:

Lixeiras gregas enfrentam multas da UE

Tamanho do texto Aa Aa

A União Europeia ameaça pesadas sansões à Grécia se Atenas continuar a não respeitar as normas comunitárias de tratamento de lixo.

Há muito que as paisagens rurais do país são corrompidas por enormes lixeiras a céu aberto. O Governo diz que se tem esforçado para reduzir um problema que os ambientalistas afirmam ser uma ameaça para a saúde pública. “Não há maneira de escapar ao lixo. Se não lidarmos com ele de maneira apropriada, vamos tê-lo na água, talvez daqui a um ano, ou a cinco, dez anos. Vamos encontrá-lo, imediatamente na comida, a maior parte das vezes, e na qualidade do ar”, avisou Antonis Mavropoulos, especialista do ambiente. Na Grécia existem mais de 400 lixeiras ilegais. Segundo números da UE, os gregos tratam apenas 20 por cento dos detritos que produzem, equivalente a uma taxa de reciclagem das mais baixas da Europa. Os poucos centros de reciclagem do país só têm capacidade para 2.000 toneladas de lixo por dia sendo que as restantes 6.000 são enterradas no solo. Atenas enfrenta uma multa que pode ir até 34.000 euros diários por cada lixeira que permaneça aberta.