Última hora

Última hora

Microsoft anuncia o fim de 5000 empregos

Em leitura:

Microsoft anuncia o fim de 5000 empregos

Tamanho do texto Aa Aa

Pela primeira vez na história da Microsoft, a empresa fundada por Bill Gates vai fazer um despedimento em larga escala. O grupo, número um mundial do software, anunciou que vai eliminar 5000 empregos ao longo do próximo ano e meio, a começar por 1400 despedimentos imediatos.

A medida, decidida pelo novo presidente do grupo, Steve Ballmer, afecta empregados da Microsoft em todo o mundo. É nos Estados Unidos que a Microsoft emprega mais pessoas – 57.000, contra 39.000 no resto do mundo. A maior parte do volume de negócios, cerca de três quintos, é também feita em território norte-americano. A Microsoft está a sofrer com a crise mundial e com o crescimento do mercado dos netbooks, pequenos computadores portáteis, de baixo custo, exclusivamente para navegação na Internet, que muitas vezes não trazem software da Microsoft.