Última hora

Última hora

Obama começa legislatura pela política internacional

Em leitura:

Obama começa legislatura pela política internacional

Tamanho do texto Aa Aa

A política internacional foi a nota que marcou o início da legislatura do novo presidente norte-americano.

Guantánamo, Paquistão, Iraque, Afeganistão e Médio Oriente são os dossiês avançados como prioritários e para os quais foram designados os respectivos especialistas. As primeiras decisões mostram uma clara ruptura com a política controversa da antiga administração Bush. Numa conferência de imprensa surpresa o novo presidente norte-americano advertiu o Hamas que deve pôr fim ao lançamento de Rockectes contra Israel e lembrou que Israel deve retirar-se por completo de Gaza. “O terror dos rocketes sobre populaçãoisarelita inocente é inadmisssível e representa um futuro sem esperança para os palestinianos”. Barack Obama, pediu a Israel que abra os postos de passagem nas fronteiras de Gaza, para que possa entrar ajuda humanitária e fluir o comércio. A nova admnistração está esta decidida a propor o caminho da diplomacia. A secretária de Estado, Hilary Clinton reafirmou as intenções do presidente concluindo que o “exercício do poder deve ser usado de forma inteligente.” A assinatura do decreto que obriga ao encerramento da prisão de Guantánamo e dos centros de detenção para suspeitos de terrorismo que a CIA tem no estrangeiro foi o seu primeiro gesto político para demonstrar ao mundo a determinação com que chegou ao cargo mais alto da nação.