Última hora

Última hora

Suspeito de massacre na creche belga foi acusado de assassínio

Em leitura:

Suspeito de massacre na creche belga foi acusado de assassínio

Tamanho do texto Aa Aa

O suspeito de ter matado duas crianças e uma mulher numa creche na Bélgica foi acusado de assassínio e tentativa de assassínio e encontra-se em prisão preventiva.

A tragédia teve lugar esta sexta-feira na localidade de Dendermonde, a 30 quilómetros de Bruxelas. O violento ataque deixou o país em estado de choque, como afirma um residente: “Pensávamos que este tipo de coisas só acontecia nos Estados Unidos e agora vemos que aconteceu numa pequena aldeia da Bélgica onde toda a gente se conhece. É muito mau”. Segundo testemunhas, o agressor entrou na creche e dirigiu-se de imediato ao local onde se encontravam as crianças mais pequenas. Dez crianças e duas funcionárias foram hospitalizadas com vários ferimentos. Um bebé de seis meses e uma criança de três anos estão em estado grave, embora não corram perigo de vida. A polícia desmentiu que o suspeito tenha antecedentes de doença mental, contrariando os rumores que circulam na imprensa local.