Última hora

Última hora

Obama acaba com veto ao financiamento de organizações pró-aborto

Em leitura:

Obama acaba com veto ao financiamento de organizações pró-aborto

Tamanho do texto Aa Aa

Barack Obama levantou as restrições ao financiamento de organizações que praticam ou fornecem informação sobre o aborto.

O presidente norte-americano deu o novo passo no desmantelamento da “era Bush” por ocasião do trigésimo sexto aniversário da legalização da interrupção voluntária da gravidez nos Estados Unidos. A concessão ou não de fundos a organizações pró-aborto – ainda que para aplicação em países estrangeiros – foi alvo de discórdia entre as sucessivas administrações, proibida por republicanos e autorizada por democratas. Os grupos anti-aborto criticam a decisão de Obama que, tal como Bill Clinton no fim da “era Bush pai”, inverteu a política de “Bush filho”. Os apoiantes da interrupção voluntária da gravidez saudam o fim da chamada “lei da mordaça”, porque cortava o financiamento a grupos que faziam campanha a favor do aborto, o que os críticos consideravam que infringia a liberdade de expressão.