Última hora

Última hora

China celebra entrada no ano do Búfalo

Em leitura:

China celebra entrada no ano do Búfalo

Tamanho do texto Aa Aa

A China celebra a entrada no ano do Búfalo.

Apesar das perspectivas de abrandamento económico, a população não olha a despesas quando se trata de festejar o ano lunar, a maior celebração do país. Um vendedor de Pequim afirma-se satisfeito com os negócios: “As pessoas compram os búfalos para dar como prenda a amigos e familiares, para assinalar o Festival da Primavera. A maioria dos jovens oferecem-nos aos pais”. O Búfalo é um signo associado à força e ao trabalho árduo: duas qualidades necessárias para enfrentar os tempos que correm. O primeiro-ministro Hu Jintao já avisou que 2009 vai ser o ano mais difícil, em termos económicos, desde 2000. Para já, como dita a tradição, na passagem do ano, a família reúne-se à volta da mesa. É o momento de “adorar o Deus da Cozinha”. Os imigrantes espalhados pelo mundo também cumprem a tradição. Em Lima, no Peru, a festa celebra-se no bairro chinês, com o desfile dos dragões. Um homem mostra-se optimista: “Estamos a celebrar a chegada do novo signo, o búfalo que significa produção e riqueza. Vamos recolher o que semeámos. Este ano vai ser próspero para todos nós”. O Peru acolhe a terceira maior comunidade chinesa do mundo, depois dos Estados Unidos e do Canadá.