Última hora

Última hora

UE apoia criação de governo de unidade sob a égide da Autoridade Palestiniana

Em leitura:

UE apoia criação de governo de unidade sob a égide da Autoridade Palestiniana

Tamanho do texto Aa Aa

Caladas as armas em Gaza, pelo menos temporariamente, é tempo de mais uma vez reunir os fundos para a reconstrução. Os olhos voltam-se portanto para a União Europeia, o maior doador para os territórios palestinianos.

O Egipto quer agendar uma conferência internacional sobre a reconstrução para 28 de Fevereiro. No final de uma reunião em Bruxelas a União Europeia, Egipto, Turquia e Jordânia deram ainda o seu apoio à criação de um governo de reconciliação nos territórios sob a égide do presidente da Autoridade Palestiniana, Mahmoud Abbas. O responsável pela diplomacia dos 27, no quadro da presidência rotativa da União, repetiu também o que já tinha dito a Israel: que vão ser redobrados os esforços para impedir o contrabando de armas , apelando simultaneamente à abertura regular das passagens para Gaza e a um regresso rápido às negociações, já que todos concordam que a solução de dois estados é o objectivo último dos esforços em curso. Paralelamente a União Europeia recorda que “enquanto o Hamas continuar a defender o terror e a destruição de Israel, é difícil considera-lo como um parceiro sério”. E o movimento islamita já disse que vai continuar a comprar armas.