Última hora

Última hora

Tempestade Klaus deixa 750 mil pessoas sem electricidade no Sul da Europa

Em leitura:

Tempestade Klaus deixa 750 mil pessoas sem electricidade no Sul da Europa

Tamanho do texto Aa Aa

As autoridades francesas preparam-se para declarar o estado de calamidade pública no Sul do país, onde se fazem ainda sentir os efeitos da tempestade Klaus.

Os ventos fortes e chuvas torrenciais do fim-de-semana provocaram, mais de 24 mortos, em Espanha, França e Itália, devastando milhares de hectares de floresta e deixando sem telefone e electricidade mais de 750 mil casas. No Sudoeste de França, a companhia eléctrica EDF só deverá restabelecer a corrente no final da semana. Oito pessoas morreram já intoxicadas pelos fumos tóxicos de geradores eléctricos. Em pelo menos seis regiões, as autoridades mantém o alerta de inundações. Em Espanha, 50 mil casas continuam ainda sem electricidade, na Galiza, País Basco e Catalunha. O mau-tempo tinha provocado o desmoronamento de um ginásio em Barcelona, que causou a morte a 4 crianças. O saldo total de vítimas no país eleva-se a 14 mortos, depois de duas pessoas terem falecido hoje intoxicadas por um gerador eléctrico na Galiza. Em Itália, um aluimento de terras provocou a morte de duas pessoas, ferindo cinco, numa auto-estada em Reggio Calabria, no Sul do país. Uma mulher tinha morrido no domingo arrastada pelo mar na região de Nápoles. O mau tempo tinha também levado ao corte de várias estradas em Portugal, 600 pessoas tiveram de ser resgatadas de dezenas de viaturas bloqueadas pelo gelo no Norte e Sul do país.