Última hora

Última hora

Gaza: Cessar-fogo continua a ser uma miragem

Em leitura:

Gaza: Cessar-fogo continua a ser uma miragem

Tamanho do texto Aa Aa

Em Gaza, os túneis ilegais que permitem trazer armas e mercadorias do Egipto estavam a ser reconstruídos, mas entretanto foram novamente bombardeados pelo Tzahal.

O cessar-fogo decretado por Israel e pelo Hamas mantém-se no papel, mas no terreno são as armas que fazem a lei. O exército israelita voltou a bombardear a região fronteiriça de Gaza com o Egipto. O Estado hebreu afirma que a acção foi uma das represálias contra um ataque do Hamas poucas horas antes. Um soldado israelita morreu e outros 3 ficaram feridos em resultado da explosão de uma bomba, à passagem de um veículo militar, próximo da fronteira da Faixa de Gaza com Israel. Pouco depois um palestiniano que circulava de moto foi morto num ataque aéreo. Segundo o exército israelita tratava-se do cérebro por detrás do ataque contra o veículo militar. Noutro incidente um camponês palestiniano perdeu a vida numa troca de tiros. Paralelamente o Egipto continua a mediar uma trégua a longo prazo entre Israel e o Hamas para a qual o palestinianos exigem que seja levantado o bloqueio a Gaza e abertas com regularidade as fronteiras.