Última hora

Última hora

Diplomacia internacional tenta reconciliar facções palestinianas

Em leitura:

Diplomacia internacional tenta reconciliar facções palestinianas

Tamanho do texto Aa Aa

A necessidade de consolidar o cessar-fogo entre Hamas e Israel esteve no centro do encontro entre George Mitchell e o ministro francês dos negócios Estrangeiros. O enviado de Barack Obama para o Médio Oriente concluiu uma viagem à região e passou por Paris para fazer o ponto da situação. Mas a comunidade internacional tem consciência que todo o processo passa antes de mais pela reconciliação entre facções palestinianas, o que parece mais complicado do que nunca. O conflito inter-palestiniano tornou-se num confronto entre dois eixos regionais.

Mahmmud Abbas é o próximo a passar pela capital francesa, depois de uma escala no Cairo. O presidente da Autoridade Palestiniana recusa iniciar um processo de reconciliação, proposto pelo Egipto, enquanto o Hamas rejeitar a sua autoridade. É a reacção de Abbas às palavras de Kaled Meechal. O líder do Hamas, em visita ao Irão, disse pretender criar uma estrutura paralela à Organização para a Libertação da Palestina (OLP).