Última hora

Última hora

Reféns das FARC encontram-se sãos e salvos

Em leitura:

Reféns das FARC encontram-se sãos e salvos

Tamanho do texto Aa Aa

Afinal foram mesmo libertados os 4 reféns das FARC este domingo depois de várias horas de atraso. À espera dos 3 polícias e 1 soldado no aeroporto de Vilavicencio, a 100 quilómetros de Bogotá, estavam dirigentes da Cruz Vermelha, membros da organização Colombianos para a paz e familiares.

Durante horas pouco se soube sobre o destino da missão dos helicópteros brasileiros da Cruz Vermelha. Rumores sobre eventuais operações do exército colombiano, contrariando o estabelecido, fizeram as FARC recuar. Mas tudo acabou bem. “Já não precisam de me esperar mais, estou de volta. Temos que lutar por todos os outros que permanecem na selva. Temos que os libertar”, declarou um dos reféns libertados. O soldado e os polícias estiveram em cativeiro desde 2007. Esta semana estão previstas mais duas libertações. Uma já esta segunda-feira, outra na quarta. Trata-se de dois políticos – Alan Jara, sequestrado em 2001 e Sigifredo Lopez, capturado em 2002. As Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia são o movimento guerrilheiro mais antigo da América Latina. Nos últimos tempos o grupo sofreu baixas importantes depois de o exército governamental ter abatido e capturado altos quadros da guerrilha no ano passado.