Última hora

Última hora

"Picasso e os mestres" de portas abertas toda a noite

Em leitura:

"Picasso e os mestres" de portas abertas toda a noite

Tamanho do texto Aa Aa

Filas e filas pela noite dentro com um propósito: visitar “Picasso e os Mestres”.

A exposição termina hoje às 8 da noite mas desde sexta-feira que a organização, sem mãos a medir, decidiu manter a mostra aberta 24 sobre 24 horas. No Grand Palais de Paris, o frio e as horas de espera parecem valer a pena. Muitos críticos consideraram a exposição excepcional. Inaugurada em Outubro, mais de 700 mil pessoas já a visitaram. O administrador geral da Reunião dos Museus Nacionais explica as vantagens de não fechar a portas. “É uma forma de acolher um público diferente, um público mais jovem, um público noctívago que vem depois do restaurante ou do cinema. Portante serve para acolher pessoas que habitualmente não visitam museus”. As cores e as qualidades excepcionais de mais de 200 obras de Picasso e de mestres como Vélasquez, Cézanne, Renoir, Rembrandt ou Van Gogh fizeram sonhar muitos ao relento. Mas a organização ofereceu chocolates e bebidas. Estima-se que 50 mil pessoas tenham beneficiado deste horário alargado.