Última hora

Última hora

"Dr. Morte" faleceu no Egipto em 1992

Em leitura:

"Dr. Morte" faleceu no Egipto em 1992

Tamanho do texto Aa Aa

Afinal o “Dr. Morte” já não está vivo há mais de uma década. Aribert Heim, um dos criminosos nazis mais procurados terá morrido no Cairo em 1992, segundo o que afirma uma investigação do canal de televisão alemão ZDF e do jornal norte-americano, New York Times. O médico austríaco viveu no Cairo sob uma identidade de um egípcio muçulmano e faleceu, vítima de cancro nos intestinos aos 78 anos, no dia em que encerraram os Jogos Olímpicos de Barcelona em 1992, segundo o que declarou um filho seu.

A investigação da ZDF e do New York Times apresenta também a certidão de óbito e centenas de documentos a atestar a verdadeira identidade de Heim. Coinsiderado um dos criminosos nazis mais sádicos, Heim exerceu medicina em vários campos de concentração executando experiencias que incluíam o retirar de órgãos sem anestesia ou injectar gasolina no coração de prisioneiros.