Última hora

Última hora

Kadima âproxima-se do Likhud

Em leitura:

Kadima âproxima-se do Likhud

Tamanho do texto Aa Aa

A três dias das eleições, o Bloco Likhud e o Kadima mantêm-se ombro a ombro, embora com ligeira vantagem para a formação de direita.

As sondagens atribuem a Benjamin Natanyah a possibilidade de eleger 27 deputados, para um parlamento com 120 lugares. Longe portanto de uma maioria absoluta. A seguir, está o Kadima que pode conseguir 25 mandatos. Liderado pela ministra do Negocios Estrangeiros,Tzipi Livni, o Kadima subiu na última semana e aproximou-se do Likhud, mas sem o conseguir alcançar. Resta agora tentar cativar os indecisos que sâo muitos e podem inverter a tendência das sondagens. Fundamental, será o partido de extrema-direita, Israel Beiteinou, de Avigdor Lieberman. Pode eleger 19 deputados que, coligados com os 27 do Likhud ainda ficam distantes da maioria absoluta. Grande surpresa é a queda do Partido Trabalhista, de Ehud Barack. Se eleger 14 deputados, como as sondagens indicam, obtêm o pior resultado da sua história.