Última hora

Caso Englaro transforma-se em batalha política

Em leitura:

Caso Englaro transforma-se em batalha política

Tamanho do texto Aa Aa

Guerra aberta entre o Governo e a Presidência de Itália sobre a vida de Eluana Englaro.

O primeiro-ministro Sílvio Berlusconi fez publicar um decreto lei para impedir a suspensão da alimentação da mulher em coma há 17 anos. Uma medida que nada vale sem o sim do presidente Georgio Napolitano, que se recusa a assinar. Mas Berlusconi não desiste e promete um rápido projecto-lei a aprovar pelo parlamento. “Do meu ponto de vista pessoal, respondendo à minha consciência, iria sentir-me como se deliberadamente deixasse de assitir alguém que está em perigo de vida”, declarou o primeiro ministro italiano. Na última terça-feira o pai de Eluana, que permanece em estado vegetativo desde 1992 na sequência de um acidente de viação, levou-a para um clínica privada onde lhe deverá ser retirado o tubo de alimentação. O processo tem a autorização do Tribunal Constitucional, entretanto anulada pelo decreto do Governo. Enquanto se mantém o impasse e a pressão da Igreja católica para evitar a morte de Eluana, o Governo ordenou que a polícia vigie a actividade na clínica de Udine.