Última hora

Última hora

Obama recorda os resultados das eleições

Em leitura:

Obama recorda os resultados das eleições

Tamanho do texto Aa Aa

Obama já não tem dúvidas – chama-lhe a maior crise da história norte-americana, desde a grande depressão dos anos 30.

Os efeitos mais devastadores estão a sentir-se no emprego, com 3.6 milhões de cidadãos sem trabalho. A nova administração aposta no plano de incentivos que tem merecido reticências, entre os republicanos. Há já um acordo de princípio, mas depois de algumas cedências dos democratas. Obama quer os republicanos percebam os resultados das eleições: “Democratas e republicanos caminham juntos no Senado e respondem apropriadamente à urgência deste momento. No meio da nossa maior crise económica desde a Grande Depressão, o povo americano espera que o congresso comece a enfrentar os grandes desafios que se nos deparam. Foi isso, que decidiu, nas eleições de Novembro”, disse o Presidente. O plano previa a injecção de 900 mil milhões de dólares, para baixar impostos, modernizar infra-estrturas e apoiar à industria. Os neo-conservadores colocaram reservas, porque isso agravaria a despesa pública. O compromisso que deve ser aprovado na terça-feira, ficou nos 800 mil milhões.