Última hora

Última hora

Polícia dispara sobre manifestantes em Madagáscar

Em leitura:

Polícia dispara sobre manifestantes em Madagáscar

Tamanho do texto Aa Aa

Pelo menos 25 pessoas morreram este Sábado em Madagáscar durante uma manifestação anti-governamental.

A polícia terá disparado contra os manifestantes junto ao palácio do Governo na capital. Os serviços médicos falam em quase 200 feridos no principal hospital de Antanarivo. Há duas semanas que a violência não pára de aumentar na ilha do Oceano Índico, até há pouco tempo um concorrido destino turístico. Os confrontos resultaram até ao momento na morte de mais de uma centena de pessoas, na maioria civis partidários da oposição. O presidente da Câmara da capital Andry Rajoelina é o principal instigador de um movimento que quer depôr o presidente do país, Marc Ravalomanana. Rajoelina, que tem liderado uma série de protestos e de greves, auto proclamou-se chefe de um governo interino e até nomeou um primeiro-ministro. Por seu lado, o presidente em funções destituiu o autarca da capital garantindo que vai continuar poder. A União Africana condenou a tentativa de derrube e a ONU enviou um emissário para tentar mediar o conflito na ilha.