Última hora

Em leitura:

Israelitas elegem novo governo


mundo

Israelitas elegem novo governo

Os eleitores israelitas já começaram a ir às urnas para elegerem um novo governo. São quatro os candidatos ao cargo de chefe do novo executivo e todos eles votaram já esta manhã.

Ministra dos Negócios Estrangeiros do executivo cessante, Tzipi Livni é a líder e candidata do Kadima. Durante a campanha eleitoral, Livni fez questão de enfatizar o facto de ser a melhor escolha para garantir a paz na região. Mas as sondagens dão como favorito Benjamin Netanyahu. O líder do partido conservador Likud e ex-primeiro-ministro, promete expandir os colonatos judaicos na Cisjordânia e defende a ocupação militar da palestina sem se fixar uma data de retirada. Netanyahu considera impossível um acordo de paz com a Palestina mas defende que Israel devia tentar apoiar a economia palestiniana. O candidato do Partido Trabalhista é o ministro da Defesa do governo cessante Ehud Barak. O também ex-primeiro-ministro viu a sua popularidade subir ligeiramente nas sondagens devido à operação militar na Faixa de Gaza. Aliás Barak centrou a sua campanha eleitoral no sucesso da operação “Chumbo Endurecido”. Sem história na política israelita, Avigdor Lieberman é o candidato ultra-nacionalista. Durante a campanha eleitoral este imigrante moldavo não poupou a comunidade árabe israelita e defendeu uma redefinição das fronteiras de Israel, com o objectivo de colocar fora do país as áreas com maior população árabe. Lieberman poderá passar de “outsider” a grande surpresa destas eleições legislativas, já que de acordo com as sondagens o seu partido, Yisrael Beiteinu, deverá ficar à frente do Partido Trabalhista, que será relegado para o lugar de quarta força política israelita.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Tráfego aéreo retomado em Paris