Última hora

Última hora

As alianças possiveis para o novo governo

Em leitura:

As alianças possiveis para o novo governo

Tamanho do texto Aa Aa

Multiplicam-se os esforços entre os líderes políticos em busca de uma aliança para governar Israel.

Sem resultados definitivos, o fim da incerteza ficará a cargo do presidente Shimon Peres, que tem nove dias para designar o lider com mais possibilidades de formar o governo mas até lá todos as soluções estão ainda em aberto. Uma das primeiras possibilidades apresenta uma aliança muito marcada à direita entre o Bajamin Netanyahu, os partidos religiosos e o ultra nacionalista, Israel Beitenou de Lieberman que conquistou 15 assentos no Parlamento. Para os analistas um governo muito à direita não seria bem visto pelo novo governo dos Estados Unidos, do presidente Barack Obama, que se comprometeu com o avanço das negociações de paz. O segundo cenário surge também com Netanyahu a liderar o governo formando uma grande coligação que pode reunir o Kadima e os trabalhistas de centro esquerda de Ehud Baracka, embora este pareça estar mais voltado para a oposição depois de ter conhecido os piores resultados da sua história. Neste quadro Kadima teria de resignar-se às orientações do Likud possibilidade exlcuida pelos centristas. Um terceiro cenário, embora contra natura e pouco provável segundo os analistas seria Tzip Levin como chefe de um governo de União Nacional que o lider da direita já recusou, resta-lhe os ultranacionalistas como derradeiro parceiro. Lierbeman fez saber que a tendência natural do seu partido é juntar-se à direita mas não exclui para já nenhuma aliança.